REVISTA DIGITAL ONLINE: MOTIVOS PARA PUBLICAR E DESAFIOS

POR ADRIANO RODRIGUES

Produzir revista online não é tarefa das mais fáceis. Podemos encontrar vários modelos publicados na web, mas a maioria não consegue obter um bom resultado. Muitas revistas publicadas exploram apenas o ambiente em que elas estão depositadas, a internet.  Vale ressaltar aqui que muitas dessas revistas buscam uma aproximação com a identidade gráfica em relação à sua versão impressa ou criam uma identidade que se aproxime ao máximo do que seja uma revista. O grande problema é que a procura por esta aproximação não tem encontrado bons resultados.

Fazer revista digital online requer muito trabalho e o que vemos é que muitas editoras estão preocupadas apenas em ter uma revista na internet, mas esquecem que, para que o produto final seja de qualidade, não basta apenas manter a qualidade editorial – isto é obrigação. Desenvolver uma revista digital online que possa obedecer e contemplar vários critérios do meio revista e da tecnologia digital requer conhecimento de causa, investimento e muita dedicação até chegar ao bom produto final.

Revista Digital ASIDE. Temos aqui a capa e parte interna da revista

O modelo de revista que queremos implementar visa sanar os inúmeros problemas encontrados nas revistas online atuais. Se listarmos o que pretendemos, encontraremos inúmeros desafios, mas vale a pena aqui ressaltar o que buscamos em nosso modelo de revista digital online. O que pretendemos é:

1 — Criar uma revista digital online que use plataforma de publicação digital, o que facilita o processo de produção;

2 – Fazer um modelo que use a internet como suporte para publicar o conteúdo;

3 – Buscar um modelo de revista que seja multiplataforma, que ‘rode’ em computador, tablet e smartphone;

4 –  Preservar as particularidades que definem o meio revista, respeitando principalmente o projeto gráfico;

5 – Criar um modelo que, apesar de estar na internet, rode nos dispositivos móveis em forma de aplicativo;

6 – Eliminar o alto custo das plataformas de publicação digital;

7 – Levar a revista para o ambiente online por vários motivos, mas os mais importantes são fornecer conteúdo para o ambiente online, ter uma forte presença na internet, difundir o conteúdo da revista para um público maior;

8 – Trazer para a revista digital o máximo de benefícios que a internet traz (um recurso importante e interessante é poder trabalhar com métricas e isso pode ser feito de forma gratuita);

9 – Possibilitar a inclusão de mais títulos de revista para a publicação digital com as facilidades encontradas na publicação de revista online;

10 – Democratizar a produção e a difusão de conteúdos de revista em ambientes online. O que buscamos em nossa pesquisa não é inventar a roda, ser dono da razão ou criticarmos os modelos de revista já implantado.

O que buscamos é encontrar um caminho viável e que contemple ao máximo o que seja uma revista digital. Esta busca ajudará na melhora de qualidade das revistas digitais, ajudará as editoras, os anunciantes e principalmente os leitores.

Nossa inquietação se iniciou com o alto custo das plataformas de revistas digitais, principalmente a da Adobe DPS. Neste modelo de publicação, muitas editoras publicaram suas revistas digitais em plataformas mais baratas e essas plataformas não contemplam a qualidade do produto final. Embora mais viáveis do ponto de vista financeiro, são inviáveis do ponto de vista funcional, ou seja, as revistas digitais que se utilizam deste modelo de plataforma de publicação digital estão em ambientes online, mas não são consideradas revistas digitais, pois não contemplam muitas das características das revistas.

Por conta disso, as editoras buscavam depositar suas publicações em plataformas com baixa qualidade tecnológica, pois as grandes plataformas têm um custo muito alto. Nossa proposta visa a resolver esta lacuna, utilizando plataforma de publicação digital (WordPress) baseada na web, com sistema de automação e personalização dos recursos digitais e, principalmente, com baixo nível de investimento financeiro.

Acreditamos que muitos dos modelos de plataformas de publicação digital estão errados, mesmo o Adobe DPS. Quando as revistas digitais são fechadas e adicionadas às plataformas, o resultado do arquivo gerado é um arquivo de imagem e não linguagem de hipermídia. O que as plataformas entregam é uma simulação equivocada do que seja linguagem HTML, é só uma aparência, é um truque visual, pois o que vemos é apenas um arquivo de imagem, baseado em formatos de arquivos JPGPNG e até mesmo PDF. As interatividades aplicadas são recursos pontuais, que também simulam linguagens de programação baseadas no HTML. Este é um dos motivos pelos quais este tipo de publicação tem versões estranhas para internet. Isso quer dizer que as plataformas, em busca de uma facilitação de produção por parte dos diagramadores e designers, desenvolveram um modelo de publicação digital baseado em imagens, sem vantagens no ambiente digital conectado, desperdiçando, assim, toda força da internet.

Outro grande problema encontrado neste tipo de plataforma é o processo de produção para os diversos formatos e dispositivos móveis. Como já é sabido, produzir para tablets e smartphones, nos modelos de plataformas implantados não é fácil. A grande dificuldade é que para cada tamanho de aparelho, é preciso produzir um formato médio, a que ele se adapta, de forma grosseira, aos formatos próximos, tanto para mais, quanto para menos. Para se produzir para tablet e smartphone, é necessário fazer, no mínimo, duas produções, isso se a plataforma que você estiver usando permitir versões para os diversos dispositivos e sistemas operacionais. No modelo de revista digital online, com tecnologia responsiva, este problema é sanado, pois, após a sistematização do projeto gráfico, esta situação será resolvida e, caso haja problemas pontuais, as correções são feitas de forma simples.

Os sistemas operacionais são também pedras nos sapatos das plataformas de publicações digitais. Para cada sistema o desafio é diferente. O fato de serem plataformas, os problemas já foram resolvidos, mas para cada sistema existe uma perda de recursos, ou seja, os recursos que podem haver em um sistema, podem não estar disponíveis no outro. O sistema operacional base de referência para publicação digital é o sistema IOS, sistema este encontrados nos iPods, iPhones e iPad; depois, as atenções são voltadas para o sistema Android e, por último, a preocupação dos desenvolvedores das plataformas de publicação digital é voltada para o sistema da Microsoft, o Windows Phone. Cada sistema operacional tem sua tecnologia e estabilidade, além de sua relevância nas vendas dos aparelhos.

Por essas e outras questões é que as plataformas voltaram seus esforços e preferências para criarem seus sistemas de publicações digitais.

A resolução destes e outros problemas fazem da publicação de revistas digitais em ambientes online uma solução extremamente interessante do ponto de vista funcional, prático e comercial. Os argumentos apresentados nos demonstrarão inúmeras vantagens em produzir revista digital online.

Rolar para cima